‘Crack é um problema de saúde e de segurança pública’ | Tô Ligado

‘Crack é um problema de saúde e de segurança pública’

Em entrevista à VEJA, o psiquiatra Ronaldo Laranjeira fala sobre o combate ao crack e o tratamento para dependentes.
Psiquiatra com PhD pela Universidade de Londres, Ronaldo Laranjeira é um dos médicos que mais conhece o crack no Brasil. Conduz pesquisas relacionadas à droga há mais de 15 anos. Várias delas forneceram importantes subsídios para o poder público. Laranjeira estabeleceu, por exemplo, o perfil dos dependentes da droga em São Paulo. Especialista em dependência química, professor da UNIFESP, diretor do INPAD (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Públicas do Álcool e outras Drogas) e coordenador do UNIAD (Unidade de Pesquisas em Álcool e Drogas), ele é organizador dos livros O Tratamento do Usuário de CrackDependência Química – Prevenção, Tratamento e Políticas Públicas. Em entrevista em vídeo ao site de VEJA, o especialista fala sobre temas espinhosos, como a internação compulsória e sobre a intervenção na Cracolândia, em São Paulo. E refuta a visão de que o combate à droga é apenas um problema de saúde pública. “Se não conseguirmos desmontar a rede de tráfico, vai ser difícil resolver (o problema do crack) apenas com políticas de saúde pública”.

Para assistir a entrevista, clique aqui!

Você também pode curtir:


Gostou? Convide-nos para sua escola! Descubra o que vem por aí!
Todos os direitos reservados (c) 2012
Kadu, "Mr. Rock" Bárbara "Babi" Marcus "Klaus" Alessandro "Alê" Caroline "Carol" Elisa "Lis"